Como Vender seus Produtos nas Lojas Americanas.com – Marketplaces

 

 

Os Marketplaces são sites que disponibilizam sua plataforma e sua audiência, onde reúnem ofertas de produtos e serviços de diversos vendedores.

Essas plataformas funcionam como um shopping center, em que é possível comparar várias opções de produtos com preços e lojas variadas.

Esta modalidade já existe desde 2000 nos EUA através do modelo de negócio da Amazon, e vem ganhando espaço no comércio eletrônico nacional só agora.

Iniciou no Brasil em fevereiro de 2014, com os grandes varejistas como Walmart, Extra.com, Submarino, Saraiva onde eles iniciaram seus projetos de converter a loja virtual também em um marketplace.

Em apenas 06 meses, aproximadamente 20% das lojas virtuais de médio e grande porte já estavam integradas a esses grandes marketplaces.

 

 

 

 

Como Vender seus Produtos nas Lojas Americanas.com - Marketplaces ML Mídia Digital e Consultoria

 

 

 

 

A principal proposta de valor dos Marketplaces é o alto nível de audiência, esses canais recebem milhões de visitantes diariamente e isso, querendo ou não, é o que vai fazer as suas vendas aumentarem.

Hoje praticamente todos os Gigantes do Mercado online (Americanas.com, Buscapé, Casas Bahia, Dafiti, Extra.com, Kanui, Mercado Livre, NetShoes, Pontofrio, Shoptime, Submarino.com, Walmart, Zanttini) tem seus próprios Marketplaces.

 

 

 

Modelos de Marketplaces

 

Geradores de leads –  Neste modelo o Marketplace é utilizado como vitrine dos seus produtos para gerar lead (tráfego) ou seja, intenção de pedido.

Serviços Agregados – Neste modelo o Marketplace oferece além da geração do lead (intenção de compra), o serviço de fulfillment.

As empresas que estão iniciando suas operações ou aquelas que não possuem verba ou foco no investimento em armazém próprio (centro de distribuição) podem terceirizar esse serviço através do marketplace .

O serviço se baseia em prover toda a estrutura de fulfillment para o seller, mediante um pagamento adicional pelos serviços prestados.

Gerador de pedidos – Neste modelo o Marketplace é responsável pela geração de tráfego,  billing e gestão de fraude.

O marketplace assume a função financeira do seller, cuja responsabilidade é receber apenas pedido já gerado e aprovado para realizar o fulfillment, faturar e enviar seu produto ao cliente.

Este é o modelo mais adotado no Brasil.

 

 

Vantagens e Benefícios

 

Visibilidade

Sua Empresa vai expor seus produtos em sites com um nome forte no mercado de e-commerce, visitados por milhares de consumidores todos os dias.

Seus produtos estarão nas “vitrines” dos Gigantes do mercado online.

Baixo investimento

Basta negociar a comissão com o Marketplace e sair vendendo. Ele fornece a “vitrine” pronta para o lojista expor seus produtos e ainda ganha tráfego, visitação, expertise e ferramental de marketing e mídia.

Aumento das vendas

Com um número maior de visitantes, consequentemente suas vendas tendem a aumentar, e  juntamente com este aumento vai melhorar o seu faturamento.

Relevância SEO

A loja e os produtos ganharão mais visibilidade e serão mais procurados. Isso ajudará a aumentar o rank e a relevância da loja e dos produtos nas buscas, sendo facilmente encontrados pelos consumidores.

Diversificação de Público

Novos consumidores irão aparecer. Além disso, novas demandas surgirão, fazendo com que o lojista amplie seu leque de produtos e aposte em novos nichos.

 

  

Qual o Custo de Operação

 

A maioria dos Marketplaces possui o modelo de receita baseado em comissão sobre as vendas.

Ao venderem seus produtos  o Marketplace fica com uma fatia do valor da sua venda.

Ao se cadastrar no Marketplace escolhido sua Empresa precisa estar ciente dos valores da comissão que a plataforma estará descontando sobre as suas vendas.

Esta comissão varia dependendo do Marketplace, geralmente varia entre 7% a 30%, sobre o valor das Vendas.

 

 

Como Funciona

 

Para divulgar seus produtos e manter as vendas nos Marketplaces é preciso manter diariamente tarefas repetitivas que irão tomar o seu tempo.

Caso alguma coisa estiver errada, poderá causar sérios problemas e comprometer a reputação do seu negócio.

Atrasos na operação, erros de digitação e informações desatualizadas, como preço e estoque, são detalhes que podem prejudicar a sua imagem perante os Clientes e o próprio Marketplace.

O mais indicado é que sua Empresa busque Plataformas de Ecommerce que elimine essas preocupações e o retrabalho do dia-a-dia.

A Integração entre o sistema da sua loja (E-commerce e ERP) com os maiores Marketplaces e Comparadores de Preço, de forma fácil e rápida, é requisito primordial para garantir a agilidade e integridade na operação multicanal.

 

Contrate uma plataforma que de traga tranqüilidade nesta integração com os principais marketplaces.

Vamos citar abaixo alguns pontos que devem ser levado em consideração:

  • Enviar e sincronizar automaticamente dos produtos da sua loja com os Marketplaces;
  • Gerenciar os preços dos produtos, aumentando e diminuindo os valores (em R$ e %) para cada Marketplace;
  • Receber os pedidos dos Marketplaces diretamente no seu sistema;
  • Enviar automaticamente as informações dos pedidos para os

Marketplaces (Nota Fiscal, Código de rastreio e Status);

  • Manter o estoque sempre atualizado, em todos os sistemas (ERP, E-commerce e Marketplace)

 

 

Passo a Passo para Começar

 

Muitos vendedores (lojistas ou varejistas) ainda não sabem como vender seus produtos nesses canais ou não se sentem seguros para tal operação, uma vez que o processo é um pouco burocrático e trabalhoso.

Além disso, para fazer parte de alguns Marketplaces é necessário passar por uma seleção rigorosa.

Para facilitar a sua vida, fizemos um levantamento das principais etapas para começar a vender nos maiores Marketplaces nacionais.

 

1) Cadastro de parceiro

O primeiro passo é preencher o cadastro junto ao parceiro (Empresa de integração) dos Marketplaces e definir em quais canais vai querer vender seus produtos e iniciar suas negociações.

Existem dois formatos:

Marketplace Aberto – São Marketplaces que fornecem uma plataforma para que lojistas e consumidores se cadastrem e façam negócios entre si.

Marketplace Fechado –  São Marketplaces criados por varejistas que possuem uma operação de varejo física e online e permitem que lojistas externos vendam seus produtos no canal online do varejista. Porém, para vender nestes Marketplaces fechados, o lojista precisa ser passar por uma seleção e ser aprovado.

 

2) Documentação necessária

Para você ganhar tempo, providencie os documentos que são solicitados na maioria das plataformas:

  • Comprovante de Inscrição e Situação Cadastral perante a Receita Federal (CNPJ)
  • Comprovante de Inscrição Estadual
  • Declaração do regime de tributação
  • Alvará de funcionamento do estabelecimento (localidade) que irá disponibilizar produtos (Como cada município expede seu próprio alvará, não há um modelo fixo para esse documento)
  • Certidão Negativa de Débitos Tributários – Tributos Federais e Dívida Ativa da União
  • Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas – CNDT
  • Certidão Negativa de Débitos Previdenciários
  • Certidão Negativa de Falência e Concordata – Estado(matriz e filiais) Como essa é uma certidão estadual, cada estado tem o seu modelo.

 

3) Aprovação

Após o preenchimento do formulário, o seu cadastro irá passar por um processo de aprovação.

Cada Marketplace possui um método e alguns aprovam de forma automática, logo após o cadastro, enquanto outros fazem uma seleção rigorosa, além da possibilidade de negociar a comissão sobre vendas.

Geralmente, após o cadastro e envio da documentação, o Marketplace entra em contato para dar sequência ao processo.

 

4) Envio de produtos e Operação

 

Após a aprovação do seu cadastro, chegou  a hora de enviar os dados dos seus produtos e começar a operação de vendas no Marketplace.

Geralmente, a operação acontece da seguinte forma:

1 – Tudo começa pelo envio dos dados dos seus produtos ao Marketplace.

2 – O Marketplace divulga os seus produtos para milhares de visitantes.

3 – Os consumidores escolhem os produtos e realizam a compra, diretamente no Marketplace.

4 – O Marketplace envia para você os dados dos pedidos aprovados.

5 – Você se responsabiliza pela entrega dos produtos e, também, pelas trocas e devoluções.

6 – Finalmente, o Marketplace repassa mensalmente para você o valor referente às vendas do mês, recolhendo a comissão sobre vendas (negociada no processo de adesão).

Sugerimos que utilizem neste processo uma Plataforma Ecommerce que faça essa integração de forma automática do seu sistema com os Marketplaces.

Enviando seus produtos automaticamente, evitando o  recadastramento dos mesmo, e também das operações financeiras e estoque.

 

 

Os Marketplaces do Mercado

 

Mercado Livre

É primeiro site de comércio eletrônico da América Latina, foi iniciado no mês de março de 1999. Com a ideia de oferecer o espaço onde pessoas pudessem vender produtos usados e novos no formato de leilão.

Extra.com / Casas Bahia / Ponto Frio (CNova)

Com o conceito one-stop-shop, o Extra Hiper oferece, em um único local, soluções integradas de produtos e serviços com preços competitivos. Tem ampla variedade de produtos alimentícios e não alimentícios, desde eletroeletrônicos, eletrodomésticos e informática, até roupas, itens para o carro, para a casa e para o animal de estimação.

Submarino Marketplace (B2W)

É uma das pioneiras no segmento de comércio eletrônico do Brasil, criada em 1999 e hoje, após fusão com a Americanas.com em 2006 atualmente é líder neste segmento.

Americanas (B2W)

As Lojas Americanas é uma empresa brasileira do segmento de varejo fundada em 1929, atualmente é a quarta maior empresa varejista do país.

Em 1999 criou-se a americanas.com que apesar de pertencer ao mesmo grupo operava de maneira independente.

No ano de 2006 fundiu com o submarino.com, surgindo assim a B2W maior empresa do comércio via internet do Brasil.

Shoptime (B2W)

O SHOPTIME MARKETPLACE, uma plataforma para que vendedores parceiros ofereçam seus produtos no site da empresa. Tenha uma página de sua empresa, dentro do site do Shoptime.

Walmart

No marketplace do walmart, varejistas oferecem milhares de opções de produto. Quando é feita a compra de um item um dos parceiros faze a entrega do produto. O processo de pagamentos e escolha é único, através do canal walmart.com.br

 

 

Pontos Negativos

 

  1. Excesso de Burocracia.

Quase todos marketplaces são grande empresas e tem suas regras e grande valor de marca agregado, então seus contratos são muito bem detalhados e eles solicitam diversos documentos. Não tenha preguiça e fique ciente de todos direitos e deveres de cada parte.

  1. Comissões Extravagantes.

Alguns marketplaces chegam a cobrar taxas de até 30% de comissão por venda, isso faz muitos lojistas tomarem a decisão errada e perder dinheiro com o acordo.

  1. O cliente não é seu, é deles.

A maioria dos marketplaces não passam os dados de contato do cliente como e-mail e telefone para ações direta, o que acaba muitas vezes te gerando uma expectativa de pegar o cliente e depois vender direto e isso não acontece.

  1. Qualidade do conteúdo.

As exigência para expor seu produto é alta, isso exige bons texto de descrição e ficha técnica, fotos variadas e com qualidades. Tudo deve seguir um padrão mínimo de qualidade.

  1. Preço e Frete

Você vai estar em uma grande vitrine, porém cercado de grandes ofertas. Para todo esse trabalho valer apena e conquistar bons números, é preciso ter um preço altamente competitivo. Cuidado na regra de frete e promoções com frete.

 

Alertamos para que antes de firmar essa parceria que seja muito bem analisado todos esses pontos abordados pois irá refletir diretamente no seus objetivos e faturamento.

Seus produtos terão milhares de visualizações por mês estando dentro de um Marketplace, todo o seu negócio estará operando em grande escala.

Por este motivo tudo tem que ser bem planejado e estudado antecipadamente pois com esse modelo de negócio é possível aumentar a lucratividade da sua Empresa muito rapidamente, mas também poderá ocorrerem prejuízos se os custos dessa operação não forem bem calculados.

Este é o ponto principal que sempre orientamos nossos clientes, focar no planejamento e estudos para não só começar a vender em marketplaces, mas sim construir uma história de sucesso na internet.

Sabemos que está na moda vender através dos marketplaces e que você deve estar ansioso para ver seus produtos e sua marca na vitrine dessas grandes lojas, mas orientamos ter calma,  pois se trata de uma negociação, e toda negociação que você entra ansioso ou sem planejamento, você pode não sair ganhando.

 

 

 

Promova o seu Negócio, Empresa, Produtos ou Serviços com a ajuda da nossa Consultoria!

 

Entre em contato e lhe passaremos mais informações…

Seu nome (obrigatório)

Nome da Empresa (obrigatório)

Seu Melhor Email (obrigatório)

Site (obrigatório)

Fale um pouco sobre o seu Negócio

 

 

Qualquer dúvidas estamos a disposição,

Grande abraço, e conte comigo!

 

Manoel L Ribeiro,
Co-fundador e Especialista em Vendas Online da ML Mídia Digital e Consultoria.

027 99937-0850 (Vivo)simbolo-whatsapp-ml-midia-digital-e-consultoria   |    027 98127-8999 (Tim)

contato pelo whatsapp ml midia digital e consultoria

Sem comentários

Você pode postar primeiro comentário resposta.

Deixe um comentário

Por favor, insira seu nome. Por favor insira um endereço de e-mail válido. Por favor, indique mensagem.